WASTELAND

Este é o nosso território… Devastado, apocalíptico, fértil.O que acontece quando não temos nada para dizer, nada para observar.Como reage o nosso corpo, perante um espaço hostil  e um vazio fisico do individuo que se fascina por qualquer extensão dele próprio em qualquer outro material que ele mesmo.Uma colecção de instantes e histórias em processo ordenador e configurador da realidade alargando-se ao imaginário, à fisicalidade das ideias, num território “contentor” onde o corpo pode ser facilmente abandonado e esquecido.Conquistar o território com o corpo...O corpo torna-se o território…

Conceito, Coreografia, Interpretação, Figutrinos e Desenho de Luz - António Cabrita e São Castro |  Musica - Hildur Gudnadóttir, Nine Inch Nails and Godspeed You Black Emperor | Direcção Técnica - João Frango | Apoio -  Silke Z.Resistdance (Germany) | Produção  - Vo’Arte | Apoios a Residências Artísticas - Centro Cultural de Belém, Quorum Ballet, Move - Estúdio de Dança e Pilates Rosa Macedo (São Miguel, Açores), StudioTrade - European Network e Pro-Dança

Reviews

“The body’s creativity"" Wasteland’s choreography portrays a remarkably sensitive process of change." (...)

"ACSC choreographed this piece together; they developed their very own and highly aesthetic language in dance which characterizes this choreography. A great start."in Tazwebkoln, by Klaus Keil

WEBSITE  PROGRAMAÇÃO E DESIGN : ANTONIO CABRITA            FOTOGRAFIAS : SUSANA PEREIRA | CARLOS PERIRA | K. DILGER | AUGUSTO CABRITA | PATRICE ALMEIDA | RUI APOLINÁRIO