ORPHÉE ET EURIDYCE

Em 2019, São Castro e António M Cabrita são convidados pelo Théâtre de la Mezzanine ( França ) para assumirem a direcção coreográfica da ópera Orphée et Euridyce, encenada por Denis Chabroullet. Nesta sua abordagem, o encenador aproveita o mito de Orfeu, com o olhar terno e sulfuroso que caracteriza seu universo teatral: exploração de materiais, energia de corpos, máquinas infernais, suas ferramentas são afiadas para acompanhar a jornada de Orfeu pelo submundo.

Um teatro de música e imaginação, com suas aparições e desaparecimentos, polias e armadilhas, onde a confusão dos sentimentos nos faz oscilar entre a intoxicação de um amor louco que hesita em se realizar, e o poder sulfuroso das trevas que se infunde todos os dias nos interstícios do nosso mundo real.

Encenação – Denis Chabroullet
Direção coreográfica – São Castro e António M Cabrita
Direcção Musical – Jean-Marie Puissant
Assistência à encenação – Cécile Maquet
Cenografia – Michel Lagarde e Denis Chabroullet
Elementos cénicos – Thierry Grasset
Desenho de luz – Franck Rondepierre
Vídeo – Morgane Viroli
Marionetas – Aline Bordereau
Máscaras – Kinga Sagi
Acessórios – Pauline Lefeuvre
Figurinos – Roseline Bonnet des Tuve , Marie – Christine Rivière, Monique Dufay, Joelle Maquet, Alice Rochette, Martha Lebars
Estagiária – Florian Beau
Produção – Productions de la Mezzanine
Coprodução – Théâtre Sénart

WEBSITE  PROGRAMAÇÃO E DESIGN : ANTONIO M CABRITA            FOTOGRAFIAS : SUSANA PEREIRA | CARLOS PERIRA | K. DILGER | AUGUSTO CABRITA | PATRICE ALMEIDA | RUI APOLINÁRIO | IGOR FERREIRA | CARLOS FERNANDES